Algas marinhas saem da ficção e viram realidade

Líderes são aqueles que transformam lixo em luxo. Um exemplo a Olmix, uma empresa francesa, fundada por um visionário, que a moda de Julio Verne nas suas 20 mil léguas submarinas, reunia algas com seu submarino Nautilus, era o estranho capitão Nemo.

O Sr Herve Balusson é o idealizador e líder de um projeto desses, na região de Brittany, na França. Está inaugurando uma escola de algas, e realizando um grande congresso nesta semana em Paris, tratando da construção de uma cadeia saudável de alimentação.

Um dos pontos essenciais está na saudabilidade da alimentação, e um dos elementos trata da resistência a antibióticos, problemas com defensivos e questões sobre o quão natural poderemos ir numa sociedade que caminha para 10 bilhões de habitantes. Mas este líder colhe algas marinhas e as vem transformando em riquezas saudáveis e alimentares.

 
 
 

José Luiz Tejon Megido

Prof Dr acadêmico

ESPM/FGV

Informações adicionais